Veja já os nossos circuitos turísticos

Ver Aproveite e deixe o seu comentário no nosso livro de visitas...

Notícias

Ribeira Guilherme

Nordeste

Ribeira Guilherme

No Nordeste existem muitos pontos turísticos como o Miradouro da Ponta do SossegoMiradouro da Ponta da MadrugadaSerra da Tronqueira,Farol do ArnelParque Natural dos Caldeirões, entre outros miradouros que permitem avistar paisagens panorâmicas para o mar.

 

O Nordeste é muito conhecido pela sua vegetação e pelas lindas flores como as hortênsias ou as azáleas que enfeitam as estradas do concelho.

 

Aqui se localiza o Pico da Vara, ponto mais alto da ilha de São Miguel, com cerca de 1105 metros de altitude. O seu relevo é de carácter montanhoso, recortado por ribeiras que deslizam por entre a vegetação. Com uma extensão aproximada de 1982 hectares, incorpora uma grande quantidade de vegetação endémica e típica da Macaronésia, assim como todo um conjunto de flora rara e de grande valor. O Priolo, ave endêmica da ilha, encontra aqui o seu habitat.

 

Do Pico da Vara, miradouro natural, daqui se consegue ter uma impressionante panorâmica sobre grande parte da ilha, com destaque para o Planalto dos Graminhais, o Pico Verde e a Serra da Tronqueira, a sul, e as encostas da caldeira das Furnas e as serras de Água de Pau e Devassa, a oeste.

 

Ler mais
lagoa fogo

Lagoa do Fogo

lagoa fogo

A lagoa do Fogo, ocupa a grande caldeira de vulcão adormecido do fogo. Este vulcão dá forma ao grande maciço vulcânico da Serra de Água de Pau, localizado no centro da Ilha de São Miguel. Toda esta zona é rodeada por uma densa e exuberante vegetação endémica.

Esta caldeira vulcânica, tal como o vulcão que lhe deu forma é a mais jovem da Ilha de São Miguel e ter-se-á formado há cerca de 15 000 anos. A sua configuração actual é resultado do último colapso, tido como importante e que ocorreu no topo do vulcão, há aproximadamente 5 mil anos. A última erupção data de 1563.

Esta lagoa, é também a mais alta da Ilha de São Miguel, facto que se deve a se encontrar no cimo de uma montanha cujo ponto mais alto se eleva a 949 metros. Localiza-se no topo do grande vulcão do Fogo, também conhecido como vulcão de Água de Pau. A caldeira tem forma de colapso tem forma elíptica e dimensões aproximadas de 3 x 2,5 km. As paredes desta caldeira chegam a atingir desníveis de 300 metros.

A lagoa, devido a se encontrar no centro da cratera, localiza-se a uma cota bastante mais baixa, encontrando-se a 575 metros. A profundidade máxima atingida nesta lagoa são os 30 metros. Dentro de todo o perímetro da reserva natural, lagoa, cratera, e vertentes da mesma, destacam-se bastantes espécies de plantas endémicas dos Açores: é o caso do cedro-do-mato(Juniperus brevifolia), o louro (Laurus azorica) e o sanguinho (Frangula azorica). Surgem ainda a malfurada (Hypericum foliosum), a urze (Erica azorica) e o trovisco-macho (Euphorbia Stygiana).
Ler mais
pico do ferro

Lagoa das Furnas

pico do ferro

A Lagoa das Furnas encontra-se rodeada por uma abundante vegetação macaronésica, além de igualmente abundantes manifestações vulcânicas do tipo Fumarolasulfatara e caldeiras de águas ferventes. Nas margens desta lagoa e devido às águas ferventes vulcânicas fazem-se os tradicionais Cozidos à Portuguesa, debaixo da terra com o calor dessas manifestações vulcânicas.

 

Nas margens desta lagoa encontra-se uma das mais curiosas capelas da ilha de São Miguel dedicada a Nossa Senhora das Vitórias, este templo, a Capela de Nossa Senhora das Vitórias foi destinada a ser o Mausoléu de José do Canto e foi solenemente inaugurada em 15 de Agosto de 1886.

 

Ler mais
vista rei

Lagoa das Sete Cidades

vista rei

A caldeira das Sete Cidades foi formada por colapsos sucessivos de dois relevos que a circundam, e tem um diâmetro de cerca de 5 km e as paredes chegam a atingir uma altidude máxima de 400 metros. Constitui-se numa das maiores caldeiras de abatimento do arquipélago. Os seus bordos apresentam, em sua maior parte, vertentes muito inclinadas.Pico das Éguas, com 873 metros de altitude, é a maior elevação desta zona. A zona inclui uma área urbana, terrenos agrícolas e maciços florestais de produção de criptomériaA lagoa das Sete Cidades constitui-se no maior reservatório natural de água doce de superfície dos Açores, ocupando uma vasta área que chega aos 4,35 quilómetros quadrados, com uma profundidade de 33 metros.

Ler mais


Design by W3layouts